sábado, 21 de fevereiro de 2009

"O jornalista e a ética do marceneiro, por Claudio Abramo"


"Sou jornalista, mas gosto mesmo é de marcenaria. Gosto de fazer móveis, cadeiras, e minha ética como marceneiro é igual à minha ética como jornalista - não tenho duas. Não existe uma ética específica do jornalista: sua ética é a mesma do cidadão. Suponho que não se vai esperar que, pelo fato de ser jornalista, o sujeito possa bater a carteira e não ir para a cadeia.
Onde entra a ética? O que o jornalista não deve fazer que o cidadão comum não deva fazer? O cidadão não pode trair a palavra dada, não pode abusar da confiança do outro, não pode mentir. No jornalismo, o limite entre o profissional como cidadão e como trabalhador é o mesmo que existe em qualquer outra profissão. É preciso ter opinião para poder fazer opões e olhar o mundo da maneira que escolhemos. Se nos eximirmos disso, perdemos o senso crítico para julgar qualquer outra coisa. O jornalista não tem ética própria. Isso é um mito. A ética do jornalista é a ética do cidadão. O que é ruim para o cidadão é ruim para o jornalista."


Palavras de
Cláudio Abramo (1923-1987), no livro "A Regra do Jogo: O Jornalismo e a Ética do Marceneiro", São Paulo, Companhia das Letras, 1988.


Este livro foi construído a partir de depoimentos deixados por Cláudio Abramo, um dos maiores jornalistas que o Brasil já teve, tendo como contraponto mais de uma centena e meia de entrevistas, artigos, reportagens e comentários publicados pelo autor. Abramo foi responsável pela modernização dos jornais "O Estado de S. Paulo" e "Folha de S. Paulo", formador de gerações de profissionais, participante ativo de todas as batalhas políticas que se têm travado no país nos últimos quarenta anos.

5 comentários:

perdido no escuro disse...

Olá Sónia! Muito obrigado pela visita aos meus quartos escuros e parabéns por este novo projecto de leituras. De facto o Thomas Bernhard é um escritor fabuloso, uma quase divindade para mim. Fica com um beijo deste lado do oceano :)

€ster disse...

Olá!!

€stou passando nos blogues amigos para convidá-los a participar da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

Desde já, muito grata!

€ster

Maria Augusta disse...

Sonia, muito interessante esta afirmação sobre ética no jornalismo...que nem sempre é respeitada, principalmente pelos "paparazzis", que no desespero de vender jornais e revistas às vezes não hesitam em invadir a privacidade das pessoas. Felizmente existem profissionais corretos e neutros, pois a função que eles possuem de nos trazer as notícias é de grande responsabilidade, eles são fazedores de opinião.
Um grande beijo.

Gená F. disse...

Sonia,
Que bom você com uma nova proposta bloguística. O conteúdo agradou de montão.
Beijos ensolarados!

OldOldLady Of The Hills disse...

I know almost nothing about the problems and stresses politically in Brazil. But if you say this man is a GREAT Journalist, he absolutely must be! I think it is very interesting that you started this "literary" blog, my dear...!
Bravo To You!

Arquivo

Seguidores